Postado em 25 de Outubro de 2016 às 16h19

O Celular e a Poluição Eletromagnética

Saúde (39)
Minuto Água - Purificador de Água Alcalina As radiações eletromagnéticas são um tipo de radiação não-ionizante que emitida pela maioria dos aparelhos eletrônicos que existem hoje em dia....

As radiações eletromagnéticas são um tipo de radiação não-ionizante que emitida pela maioria dos aparelhos eletrônicos que existem hoje em dia. Como os aparelhos celulares estão relativamente recentes em nosso meio e como as pesquisas ainda são inconclusivas, há muita controvérsia referente aos malefícios dessas radiações não ionizantes ao organismo.

A quantidade de radiação eletromagnética aumentou cerca de 250 mil vezes de 1985 até os dias atuais. E toda essa energia comprovadamente penetra nos tecidos, portanto tem algum efeito no organismo. Por esse motivo, em 2011, a Organização Mundial de Saúde incluiu a radiação dos celulares na categoria dos agentes possivelmente cancerígenos. O que se sabe de concreto é que há algum efeito dos celulares nos organismos vivos e existem alguns estudos científicos admitindo riscos causados por suas radiações.

As ondas de baixa energia das radiações não-ionizantes poderiam interagir com as células e órgãos e produzir mudanças biológicas, mas não se sabe ao certo até que ponto são realmente nocivas ou não para a saúde.

Alguns estudos mostram os efeitos que esses aparelhos podem causar no organismo que variam desde aquecimentodo tecido cerebral, que é maior nas crianças por apresentarem osso craniano mais fino até o aumento na incidência de tumores cerebrais. A exposição frequente por ondas de telefones celulares, aparelhos de microondas ou por morar próximo a torres de alta tensão ou em regiões com muitos cabos de eletricidade, estariam associadas com acometimento de doenças como leucemia ou tumor cerebral.

Algumas pessoas apresentam maior eletro sensitividade ou hipersensibilidade eléctrica, elas são mais sensíveis que outras a essas radiações. As radiações não ionizantes também estão relacionadas ao aumento na glicemia, as taxas de açúcar no sangue. Há estudos relacionando diabetes tipo 2 a exposição excessiva a aparelhos eletrônicos. A poluição eletromagnética também está relacionada ao aumento do stress oxidativo. A porcentagem de radicais livres se torna maior do que as substancias naturais do nosso corpo que os combatem, o que causa doenças.

Alguns sintomas comuns são dores de cabeça, fadiga crônica, depressão, alterações do comportamento, déficit de atenção, diminuição da memória, atrasos cognitivos, distúrbios do aprendizado, distúrbios do sono, disfunção do sistema imune, envelhecimento precoce, doenças crônicas e câncer.

COMO EVITAR. Como não se pode dizer que o risco à saúde não existe, até haver provas mais conclusivas, é preferível manter-se afastado de radiações na medida do possível. Como atualmente é praticamente impossível evitar a poluição eletromagnética, precisamos adotar medidas para diminuir a quantidade excessiva de radiação que chega ao nosso corpo. Alguns metais como cobre, prata, aço inox ou alumínio, são capazes de refletir as ondas eletromagnéticas.

Hoje já existem capas protetoras de aparelhos celulares compostas por tecidos com fibras de metais refletores de ondas. O aparelho celular emite radiação mais forte quando está iniciando uma conexão, quando está em local com sinal mais fraco e quando está conectado à eletricidade. Portanto, desligue o celular em locais com baixo sinal, não durma com celular ligado à tomada e nem o use se estiver conectado à eletricidade. Afaste do seu corpo sempre, principalmente ao começar uma conexão. Procure usar o viva-voz e prefira mensagens de texto aos telefonemas. Não o use próximo ao corpo, como em bolsos e nunca durma com o celular perto da cabeça.

Enquanto houver dúvidas, evite que crianças usem o celular. O osso é mais fino, as células estão em desenvolvimento. Alguns problemas de desenvolvimento em crianças foram associados ao uso precoce de tablets, computadores e telefones celulares. Evite que as crianças fiquem com computadores apoiados no colo, coloque almofadas protetoras ou oriente-as a usar à mesa. Estabeleça horários de conexão diários. Essas medidas práticas vão ajudar você e as pessoas próximas a usufruir de todos os benefícios desses aparelhos, com maior segurança. Parodiando o Dr. Lair Ribeiro:

"Não seja escravo da tecnologia. Use-a a seu favor!¨

Se Você se interessou em ter essa tecnologia (antirradiação) em favor de sua saúde entre em contato in box.

Veja também

Um dos benefícios da água alcalina14/10/16

água rica em magnésio

  1. Você sabia que sua disposição esta ligada a quantidade de água que você ingere. Para ter mais disposição no seu dia-a-dia a agua rica em magnesio leva mais hidratação a todas as celulas lhe dando uma sensação de bem estar e disposição.. O magnésio é um grande doador de elétrons e faz com que......
Aumentar a Ingestão de Líquidos previne cistos de ovarios09/08/16 Quando sofrer de cistos ovarianos, é essencial aumentar a sua ingestão de fluidos. Sua melhor opção é a água. Tome bebida alcalina bem como água  alcalina ionizada filtrada em intervalos......
Premio Nobel da Medicina Otto Heinrich Warburg14/07/14 Declarações Sobre Água Alcalina Otto Heinrich Warburg, ganhador do Prêmio Nobel em 1931, sua tese “A causa primária e a prevenção do câncer“. Segundo este cientista, o......

Voltar para Blog